fbpx

Em entrevista ao programa Café com Política, da TV Assembleia, Tião Medeiros fala sobre a vida pessoal e faz avaliação de 2019

O terceiro de quaro filhos, o jovem deputado Tião Medeiros (PTB) tem 36 anos e é natural de Paranavaí, município com aproximadamente 90 mil habitantes que fica no Noroeste do Paraná.

Deixou a cidade há 18 anos para cursar o último ano do Ensino Médio em Curitiba e, desde então, criou raízes na capital, onde mora até hoje.

Formado em Direito e especialista em Direito Constitucional, está no segundo mandato como parlamentar. Por isso, divide a rotina entre as atividades da Assembleia Legislativa do Paraná e visitas aos municípios do interior.

Em entrevista para o programa Café com Política, da TV Assembleia, o deputado divide com o jornalista Luiz Ribeiro curiosidades da vida pessoal, fala sobre política e faz uma avaliação deste cenário nos níveis Estadual e Federal.

Vida Nova – De cara, já no início da conversa, Tião Medeiros comemora a maior conquista de 2019: o casamento. Ele conta que constituir família foi algo que sempre desejou e que, agora, recém-casado, começa uma nova vida. Relembra ainda as eleições municipais que já estão aí, o que exige muito trabalho. Afirma que todos os preparativos alteraram a agenda deste ano, mas que em 2020 as coisas devem voltar ao normal.

“Eu consegui encontrar uma pessoa, a Giovanna, e estou bem feliz. As coisas mudaram agora, foi um ano diferente, mas ano que vem volta tudo ao normal”.

Carreira – Formado em Direito desde 2007, a escolha profissional não foi feita de cara. Antes de seguir os rumos da advocacia, Tião Medeiros começou a cursar Geografia, mas não concluiu a formação.

“Eu estava na dúvida entre Direito e Geografia. Comecei Geografia, mas não levei o curso em frente. Em seguida migrei para o Direito e comecei a advogar.

Logo no início da carreira, trabalhou na ALEP como assessor parlamentar, o que, segundo ele, sem dúvida, influenciou a entrada na vida política.

“Foi uma grande escola. Eu comecei a entender como funciona. A gente só gosta do que conhece. Tudo o que eu vi aqui despertou o interesse”.

Eleito pela primeira vez em 2014, o parlamentar teve crescimento no número de votos quando foi reeleito para o segundo mandato, em 2018.

Tião Medeiros ficou entre os poucos políticos que ampliaram as votações. De 31.800 votos, subiu para 54.200, o que o deixa muito feliz e confiante no trabalho que tem desenvolvido em um momento de desafios e que população espera algo novo.

“Eu entendo que fui reconhecido como alguém desta nova safra. Fiquei muito satisfeito. E isso, logicamente, também aumenta o compromisso. Acredito que tudo o que eu fiz estava no caminho certo e agora preciso ampliar”.

Política – Entre um café e outro, o deputado foi pergutado pelo jornalista Luiz Ribeiros sobre o cenário político e econômico Federal neste primeiro ano. Tião Medeiros se mostra atento a tudo o que acontece já que, no seu entendimento, o Paraná não é uma ilha e vai sentir os reflexos das decisões nacionais.

“Estou animado com a recuperação do país. Nada muda de uma hora para a outra. A gente vinha de uma sequência de anos de desemprego. Hoje, conseguimos reverter esse jogo e vamos fechar 2019 com algo em torno de aproximadamente 800 mil novos empregos gerados”.

Sobre a economia, o deputado também se mostra confiante e destaca a queda nos juros.

“Muita gente se pergunta o que isso tem com a vida delas. E tem tudo! Porque é possível fazer empréstimos para que haja rotatividade de dinheiro e, assim, geração de empregos que estimulam a cadeia produtiva. Eu vim do interior e sei que quando a lavoura vai bem, todo o resto vai. O produtor compra uma casa nova, faz aquele churrasco, compra um carro”.

Por fim, Tião Medeiros, que é integrante da Comissão de Constituição Justiça; e presidente da Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação da ALEP também avalia o primeiro ano de gestão do governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Junior, o pacote de obras previsto para os próximos anos e o trabalho da Assembleia Legislativa.

“Não existe obra sem projeto. A grande sacada do governo foi essa reestruturação das secretarias, da máquina pública. O banco de projetos que foi feito poderá sair do papel. Quem sabe agora, com essa autorização que gente deu aqui Assembleia para este empréstimo internacional de R$1 bilhão e meio de reais, essas obras têm como começar”, finaliza.

/ In Geral / By João Marcelo / Comentários desativados em Em entrevista ao programa Café com Política, da TV Assembleia, Tião Medeiros fala sobre a vida pessoal e faz avaliação de 2019

Cadastre seu WhatsApp em nossa lista de transmissão para
receber as principais informações sobre o Coronavírus no Paraná!