Tag: Saúde

Solicitação de Tião Medeiros libera mais R$ 800 mil para saúde de Terra Rica

O deputado estadual Tião Medeiros (PTB) comemorou nesta-terça (07) a autorização do secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, para o repasse de mais de R$ 800 mil para o sistema de saúde de Terra Rica, no noroeste do Estado. A liberação dos recursos é uma solicitação do deputado Tião Medeiros. Serão destinados R$ 542 mil para a reforma do Hospital Municipal Cristo Redentor, R$ 155 mil para a reestruturação da lavandeira da unidade, além de R$ 120 mil para aquisição de veículo para ser utilizado no transporte sanitário.

“Esta é uma grande conquista para Terra Rica. Com os recursos, será a maior obra de reestruturação do hospital em muito tempo. Há 25 anos a unidade é referência de atendimento na região de Terra Rica”, disse o deputado.

O projeto prevê a troca do piso e do telhado, pintura e melhorias em diversas alas, como o centro cirúrgico do hospital. O objetivo é que os pacientes tenham uma estrutura mais adequada para a realização de pequenos procedimentos cirúrgicos.

Para o prefeito municipal de Terra Rica, Mi Molina, a obra é uma reivindicação antiga da população. “Grande parte da nossa população depende do Sistema Único de Saúde e por isso queremos oferecer o que há de melhor para nossos pacientes”, destacou.

Segundo Michele Caputo Neto, o investimento faz parte da estratégia do Governo do Estado para fortalecer a estrutura de saúde disponível nos pequenos municípios. “Nosso objetivo é oferecer atendimento de qualidade para todos os paranaenses, independentemente do porte dos municípios em que vivem. E isso só se faz com investimentos em obras, equipamentos e capacitação profissional”, afirmou.

O Hospital Cristo Redentor presta uma série de serviços na área de urgência e emergência e atenção materno-infantil, através das Redes Paraná Urgência e Mãe Paranaense. Atualmente, o hospital mantém 30 leitos e realiza cerca de 100 atendimentos por dia, pacientes encaminhados pelo Samu Noroeste ou por procura direta. Somente na maternidade, são realizados em média 30 partos por mês.

Região Noroeste recebe R$ 4,2 milhões em investimentos em saúde

O deputado estadual Tião Medeiros (PTB) participou nesta terça-feira (02) da solenidade que destinou R$ 4,2 milhões em investimentos na área da saúde para a região Noroeste. Os recursos foram repassados pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) e vão contemplar 28 municípios da 14° Regional de Saúde. O evento foi realizado no Palácio Iguaçu, em Curitiba, e contou com a presença do governador Beto Richa, do secretário de Saúde, Michele Caputo Neto, e de prefeitos da região.
Segundo Tião Medeiros, os recursos reforçam o compromisso com melhoria da qualidade dos atendimentos em saúde. “Com estes repasses, as prefeituras poderão fortalecer o sistema de saúde dos municípios. Quem ganha é a população”, afirmou. Entre os investimentos, o deputado destacou a destinação de R$ 1,1 milhão, por meio do Programa de Apoio e Qualificação de Hospitais Públicos e Filantrópicos do SUS Paraná (HOSPSUS), à Santa Casa de Paranavaí.
Os municípios serão contemplados por uma série de programas do Estado. O governo vai investir R$ 1,3 milhão na construção de Unidades da Saúde da Família (USF) nos municípios de Loanda, Marilena, Planaltina do Paraná, São João do Caiuá e São Pedro do Paraná.
O Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (APSUS) vai destinar R$ 133 mil aos municípios. Já o Programa de Qualificação da Vigilância em Saúde (VigiaSUS) vai investir quase R$ 1 milhão em recursos nas 28 cidades que fazem parte da Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná (Amunpar).
Entre os municípios beneficiados com o VigiaSUS estão Alto Paraná (R$ 47 mil), Amaporã (R$ 34 mil), Cruzeiro do Sul (R$ 26 mil), Diamante do Norte (R$ 34 mil), Guairaçá (R$ 35 mil), Inajá (R$ 25 mil), Itaúna do Sul (R$ 33 mil), Jardim Olinda (R$ 24 mil), Loanda (R$ 45 mil), Marilena (R$ 28 mil), Mirador (R$ 25 mil), Nova Aliança do Ivaí (R$ 24 mil), Nova Londrina (R$ 38 mil), Paraíso do Norte (R$ 39 mil), Paranapoema (R$ 32 mil), Paranavaí (R$ 84 mil), Planaltina do Paraná (R$ 26 mil) Porto Rico (R$ 25 mil), Querência do Norte (R$ 38 mil), Santa Cruz de Monte Castelo (R$ 36 mil), Santa Isabel do Ivaí (R$ 29 mil), Santa Mônica (R$ 31 mil), Santo Antônio do Caiuá (R$ 32 mil), São Carlos do Ivaí (R$ 28 mil), São João do Caiuá (R$ 34 mil), São Pedro do Paraná (R$ 25 mil), Tamboara (R$ 34 mil) e Terra Rica (R$ 41 mil).
Por fim, 28 municípios foram contemplados com o Consórcio SAMU no valor de R$ 730 mil. O governo liberou ainda os recursos do Incentivo a Qualidade do Parto, do Programa Mãe Paranaense, para os municípios de Porto Rico, Nova Londrina, Marilena, Inajá, Terra Rica e Querência do Norte. Os valores variam de acordo com o número de partos realizados.

Tião Medeiros entrega ambulância para Querência do Norte

O deputado estadual Tião Medeiros e o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, entregaram nesta terça-feira (26) uma ambulância para o prefeito de Querência do Norte, Carlos Benvenutti. O veículo será usado pela administração municipal para o transporte de pacientes para atendimento nas Regionais de Saúde próximas, em Paranavaí e Maringá. A previsão é de que mais de 50 pessoas sejam transportadas por mês.

De acordo com Tião Medeiros, no próximo mês uma nova ambulância será destinada para o município. “A sociedade das pequenas cidades de nossa região sofre com a falta de infraestrutura em saúde, por isso estamos trabalhando para amenizar o problema e melhorar o atendimento da população”, afirmou o deputado.

“Esta entrega do deputado Tião Medeiros é de suma importância para a população de Querência do Norte. Estamos a 130, 200 quilômetros das Regionais de Saúde mais próximas e hoje só temos uma ambulância no município”, explicou o prefeito Carlos Benvenutti.

O veículo destinado pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA) será usado para o transporte de pacientes de Querência do Norte atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A ambulância vai auxiliar no atendimento médico-hospitalar de usuários encaminhados a tratamentos especializados e de urgência.

Municípios da região Noroeste vão receber R$ 1 milhão em investimentos pelo programa VigiaSUS

O Programa de Qualificação da Vigilância em Saúde (VigiaSUS) vai investir quase R$ 1 milhão em recursos nas cidades que fazem parte da Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná (Amunpar). Serão beneficiados 28 municípios da região. Os investimentos foram confirmados ao deputado Tião Medeiros pelo secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. O repasse será feito em evento marcado para a próxima terça-feira (02/06), em evento no Palácio Iguaçu, em Curitiba.
Segundo o deputado Tião Medeiros, os recursos poderão ser destinados na vigilância e prevenção na área da saúde. “Com estes repasses, as prefeituras poderão fortalecer o sistema de saúde dos municípios. Quem ganha é a população”, afirmou.
Todos os 399 municípios receberão os recursos do governo do Estado, em um investimento total de mais de R$ 18 milhões. O VigiaSUS visa qualificar as ações de Vigilância em Saúde em todos os municípios do Paraná. Os recursos podem ser utilizados pelas prefeituras no combate à dengue e outras doenças, vacinação, investigação e controle de doenças transmissíveis, vigilância sanitária, ambiental, saúde do trabalhador e ações de promoção da saúde.
Entre os municípios beneficiados na região Noroeste estão Alto Paraná (R$ 47 mil), Amaporã (R$ 34 mil), Cruzeiro do Sul (R$ 26 mil), Diamante do Norte (R$ 34 mil), Guairaçá (R$ 35 mil), Inajá (R$ 25 mil), Itaúna do Sul (R$ 33 mil), Jardim Olinda (R$ 24 mil), Loanda (R$ 45 mil), Marilena (R$ 28 mil), Mirador (R$ 25 mil), Nova Aliança do Ivaí (R$ 24 mil), Nova Londrina (R$ 38 mil), Paraíso do Norte (R$ 39 mil), Paranapoema (R$ 32 mil), Paranavaí (R$ 84 mil), Planaltina do Paraná (R$ 26 mil) Porto Rico (R$ 25 mil), Querência do Norte (R$ 38 mil), Santa Cruz de Monte Castelo (R$ 36 mil), Santa Isabel do Ivaí (R$ 29 mil), Santa Mônica (R$ 31 mil), Santo Antônio do Caiuá (R$ 32 mil), São Carlos do Ivaí (R$ 28 mil), São João do Caiuá (R$ 34 mil), São Pedro do Paraná (R$ 25 mil), Tamboara (R$ 34 mil) e Terra Rica (R$ 41 mil).